segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Fonte de alimentação passo a passo (Transformador)


Vamos começar com um projeto simples de uma fonte de alimentação para aparelhos eletrônicos com tensão de até 12 volts que não exijam potencias altas.

Porem para isto temos que saber um pouco sobre os componentes utilizados na montagem.


Transformador

Precisaremos de 1 transformador  de 12 volts por 1000 miliamperes ou 1 ampere.

Um transformador é um dispositivo destinado a transmitir energia elétrica de um circuito a outro, através de um campo máguinético que é formado quando ligado, transformando tensões e correntes.
Funciona baseado nos princípios eletro magnéticos.
Por exemplo, entra uma tensão de 220 volts, essa é transformada em 12 volts através de um campo máguinético.
Não possui polaridade, mas é necessario se atentar a forma correta de fazer sua ligação, 110 ou 220
e a saida que depende da voltagem que sua montagem precisa.

Temos alguns exemplos abaixo
 
Seu tamanho depende da potencia .




Diodos de cilício

Precisaremos de 4 diodos de silício 1N 4001.

Diodo é um componente eletrônico semi condutor, usado como retificador de corrente elétrica.
Nesse caso usaremos um de silício, posteriormente entrarei em mais detalhes sobre tipos e utilização.


A sua função é transformar a corrente alternada que sai do transformador em corrente continua, que é utilizada pelos aparelhos eletrônicos.


  Catodo                                               Anodo

Este diodo possui uma listra da cor cinza que serve para indicar a sua polaridade.
O lado da listra cinza é (positivo ou Catodo) e o outro lado (negativo ou Anodo).

Lembre se que a polaridade dos componentes é extremamente importante e o funcionamento do seu projeto depende disso.




Capacitor ou condensador

É um componente que armazena energia  num campo elétrico formado em seu interior.
Em fontes de alimentação também tem a função de elevar a tensão e como filtro, pois se não utilizarmos
ocasiona ruidos ou os chamados (roncos) em aparelhos elétricos de audio e video.
Nesse caso vamos utilizar capacitores elétroliticos, mais para frente iremos conhecer os (cerâmicos e poliester).
Para essa fonte vamos usar 2 capacitores elétrolitico de 1000 μF ou microfarads, unidade que estudaremos adiante, e de pelo menos 25 volts ou mais, visto que a voltagem não pode ser menor que a fornecida pelo transformador.

Sua cor depende do seu fabricante

Devemos ficar atentos a sua polaridade, visto que se ligarmos invertido pode esplodir devido a  geração de gases causada pela destruição da camada de óxido, fazendo o capacitor entrar em curto-circuito.



Circuito integrado regulador de tensão


A série de circuitos integrados 78XX onde o XX é substituído por um número que indica a tensão de saída, consiste em reguladores de tensão positiva com corrente de até 1 ampère de saída e de 5 a 24 volts.
Para aparelhos que exijam potencias elevadas devemos utilizar outros tipos de estabilizadores de tensão como por exemplo o transistor 2n 3055.
Esse regulador de tensão tem 3 pernas, visto que a primeira é entrada ou (input), a do meio é o terra ou (common, comum ou ground gnd) e a terceira é saída ou (output).
A sua numeração é:
78xx
7805 = 5 volts
7806 = 6 volts
7808 = 8 volts
7885 = 8,5 volts
7812 = 12 volts
7815 = 15 volts
7818 = 18 volts
7824 = 24 volts
Esses são os mais comuns.
No nosso caso iremos usar um 7812 que é para 12 volts, mais adiante estudaremos melhor este componente e as montagens com diodo zener também como regulador e estabilizador de voltagem.



Esse projeto pode ser montado em ponte de terminais ou placas de circuito impresso.


2 comentários: